Trajetória Profissional – Ismael Vieira de Cristo

Ismael Vieira de Cristo Constantino, que também assina ISMAEL CRISTO, é formado pela PUC-SP (www.pucsp.br) na Turma de 1991, mesma Turma que propiciou ao mundo jurídico os advogados EDNEI VERSUTTO (http://www.versutto.adv.br); Fabíola Marques (www.abudmarques.com.br), Luiz Serpa (www.paduaserpa.com.b), Gislandia Ferreira, a Diretora Técnica do SEBRAE Renata Fonseca, a Superintendente Jurídica do Itaú S.A. Leonor “Baby” Pastore, os Professores Universitários e escritores Carlos Eduardo Camillo e Teresa Cristina de Deus (www.multieditoras.com.br/autor_detalhes.asp?id=2366), os Procuradores do Estado Paulo de Tarso Nery, Cristiane Guidorizzi Sanches e Regina Gaducci, os juízes Airton de Castro, Paulo Conrado, Marcelo Benacchio, e Maurício Fossen, dentre outros profissionais que desempenham atualmente destacada posição no mundo do Direito e da Academia.

Ismael Cristo também participou, na década de 80 e 90 ativamente, do CEATS – Centro de Estudos e Atividades Sociais da PUC, entidade que mantinha grupos de advogados e estagiários em plantão jurídico voluntário em alguns bairros da periferia de São Paulo, em salas cedidas pela Igreja Católica, coordenado pelo Deputado Federal José Mentor (http://www.josementor.com.br) e contando com a destacada participação dos, hoje, advogados

Sob o especial acompanhamento de seus mentores José Alcides Montes Filho (http://www.peixotoecury.com.br/socios.html) e José Maria Meirelles (www.tostoadv.com/advogados_ver.asp?id=71) Ismael Cristo serviu no departamento jurídico da SETAL e logo depois na área jurídica do Sindicato dos Químicos do ABC, ocasião em que seu trabalho foi especialmente acompanhado pelos advogados Antonio Carlos Aguiar (http://www.peixotoecury.com.br/socios.html), Walter Rodrigo da Silva, Silvio Preto Cardoso, bem como, pelo hoje, Juiz do Trabalho Carlos Alberto Fonseca e pela Procuradora Federal do Trabalho, Sandra Lia Simon, atuações através da qual iniciou sua atuação no ramo de DIREITO DO TRABALHO.

Foi orador da Turma de Direito “Professor Doutor Dirceu de Melo”, que concluiu o curso em 1991 (clique aqui para ler o discurso, proferido no Palácio das Convenções do Anhembi, em abril de 1992)

Ainda na PUC DE SÃO PAULO atuou como Professor Assistente na disciplina de IED nos anos de 2000 a 2003,  respectivamente sob a supervisão dos Professores Lafayette Pussoli (www.pucsp.br) e Josué Rios (blogs.estadao.com.br/advogado-de…/coluna-josuerios)

Obteve, em outubro de 2000, o título de MESTRE no Programa de Mestrado e Doutorado da PUC-SP, tendo como orientador o Professor Doutor Nelson Nery Júnior, obtendo a nota máxima, com distinção e louvou ao apresentar a Dissertação “Intervenção de Terceiros nas ações Coletivas como forma de acesso à justiça”, tendo participado da Banca os Professores Doutores Celso Antonio Pacheco Fiorillo e Gabriel Chalita.

Ministrou aulas de Teoria Geral do Processo, Direito Processual Civil e Sociologia Geral e Jurídica entre 1997 e 2010  na Universidade Braz Cubas de São Paulo (www.brazcubas.br)

Atuou, entre 2002 e 2004 como Diretor do Curso de Direito da FAENAC – FACULDADE EDITORA NACIONAL, atualmente Anhanguera Faenac, ocasião em que participou, como coordenador, da criação do PROGRAMA FAENAC ECOLÓGICA (voltado para a implantação de práticas ecologicamente corretas na instituição de ensino e em seu entorno) e da FAENAC JÚNIOR, que tem por objetivo iniciar os acadêmicos das mais variadas áreas na atuação prática de suas respectivas carreiras.

Participou, desde o ano de 2002, dos procedimentos de criação e aprovação junto ao MEC dos primeiros cursos da FAENAC – FACULDADE EDITORA NACIONAL, atualmente Anhanguera Faenac, onde atualmente ministra aulas de Teoria Geral do Processo, Direito Processual Civil, Ética Jurídica e Direito do Consumidor, sendo certo que serviu como paraninfo da primeiras turmas que se formaram naquela instituição no ano de 2005 (clique aqui para ler o discurso).

Ministra aulas de Direito Processual Civil também no Programa de Pós Graduação da UNISAL – LORENA (www.unisal.br ) desde a criação do primeiro curso de Pós Graduação em Direito naquela Instituição de Ensino.

Recebeu, em outubro de 2005 a Ordem do Mérito Cultural “Carlos Gomes” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Carlos_Gomes) no GRAU DE COMENDADOR pela sua atuação em defesa da educação e cultura;

Recebeu, em Agosto de 2006 a Láurea de Reconhecimento da Ordem dos Advogados do Brasil, São Paulo (http://www.oabsp.org.br/noticias/ 2006/08/09/3783/), homenageando-o pelas conferências proferidas aos advogados do Estado de São Paulo e especialmente nas comarcas de São Caetano do Sul, São Paulo, Bebedouro, Jundiaí e Sertãozinho.

Recebeu, em Abril de 2010, como parte dos festejos pelo Cinqüentenário da fundação de Brasília (www.brasilia.df.gov.br) das mãos de Ana Christina Kubtschek (http://www.memorialjk.com.br/mem/indexmem.htm), neta do Presidente Juscelino Kubitschek, o Grau de COMENDADOR, nas palavras do CICESP, “por suas qualidades, mérito de honra, caráter, civismo e espírito empreendor, comprometido com o desenvolvimento sustentável e a justa distribuição das riquezas brasileiras”.