Tag Archives: economias

A importância da responsabilidade ambiental para os negócios

Empresas de todos os portes descobrem vantagens em adotar práticas de responsabilidade social e sustentabilidade empresarial

Atualmente muito se tem falado em Responsabilidade social e ambiental da empresa, consolidando-se o termo na cultura corporativa brasileira ao longo da década de 90.

Esta nova cultura está associada a ações sociais, transparência administrativa e conduta ética que pode ser sintetizada como uma forma de gestão que respeita as relações com seu público e com meio ambiente, pelo estabelecimento de metas empresariais compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, de forma a preservar recursos ambientais e culturais para gerações futuras, respeitar a diversidade e promover a redução das desigualdades sociais.

Compartilhe este texto nas redes sociais:

COMO ADMINISTRAR O DINHEIRO (especialmente o que você ainda não tem) Regras simples de Direito Preventivo para garantir o seu futuro

O que a administração do dinheiro tem a ver com o Direito? Tudo, afinal, a má administração do dinheiro, ou a sua falta, é causa de mais de cinquenta por cento dos divórcios ocorridos no Brasil, assim como, motivo pelo qual milhares de processos são levados ao Poder Judiciário todos os dias. Por este motivo, o presente texto apresenta ao nosso público um conjunto de sugestões simples, mas, comprovadamente eficazes que permitirão ao leitor aprender a poupar uma parte de seus recebimentos, bem como a dar um bom destino aos valores poupados.

As sugestões abaixo aliam nossas experiências pessoais sobre o assunto, bem como, foram extraídas de um livro muito interessante, editado pela EDIOURO, chamado “O homem mais rico da Babilônia”, escrito por George S. Clason, que você não pode deixar de ler.

A primeira etapa é aprender a separar dez por cento de todos os seus recebimentos (salário, gorjeta, mesada, comissão, décimo terceiro, férias…) antes de efetuar qualquer gasto. Parece, em princípio, uma tarefa impossível, mas nossa convivência com amigos e familiares que aprenderam a fazer isto nos permite assegurar que é muito mais fácil do que parece, pois, o percentual de dez por cento é o suficiente para não pesar em suas necessidades mensais, ou, em outras palavras, o leitor mal perceberá que separou este numerário.

Compartilhe este texto nas redes sociais: